Qual é a especialidade do médico apto a realizar o diagnóstico?

Não existe uma especialidade mais indicada para o diagnóstico, basta que o médico entenda o que é o lipedema. O lipedema se apresenta de forma muito característica;

 

Como é o diagnóstico do Lipedema?

O diagnóstico é clínico, a partir de anamnese completa e estudo do histórico da paciente é possível de chegar ao diagnóstico. Alguns exames nos ajudam a entender melhor o quadro da paciente e descartar outras possibilidades.

 

Se eu não tratar o Lipedema, ele pode piorar?

O lipedema é uma doença progressiva, ou seja, piora com o passar do tempo caso não seja tratada de maneira adequada.

 

A gordura nas pernas do Lipedema é diferente ao toque?

A textura da pele é mais borrachuda e em alguns casos os nódulos da gordura é palpável.

 

Todo Lipedema dói?

Nem todo lipedema dói, em alguns casos as dores são mais acentuadas em outros, outros aspectos são mais fortes. Por isso a avaliação deve ser completa. Vale a pena observar os sinais que o seu corpo dá.

 

A cirurgia cura o Lipedema?

A cirurgia remove a gordura doente e garante melhor qualidade de vida, mas o Lipedema não tem cura. Os cuidados com alimentação e exercícios devem permanecer por toda a vida. Busque uma vida mais saudável.

 

Minha perna ficará com o formato ideal após os tratamentos?

Não existe perfeição, corpo ideal e resultados 100% garantidos. É importante que o médico e o paciente façam sua parte. Entender a expectativa do paciente e demonstrar o que é possível de alcançar faz parte da programação dos tratamentos para que não haja frustração.

 

Optei pela cirurgia, quanto tempo após ela estarei apta a realizar exercícios físicos?

A depender da evolução, após 20 dias caminhadas curtas e leves, com 30 dias ir retomando a constância de antes da cirurgia.